Última audiência pública debate Desenvolvimento Urbano

Foto: AMAURI PINILHA
Foto: AMAURI PINILHA

Centenas de pessoas compareceram ao encontro, realizado no Palácio das Artes
30/3/2016 | Luciano Agemiro , MTB: 73.143

A quinta e última audiência preparatória de revisão do Plano Diretor de Praia Grande, realizada na terça-feira (29), no Teatro Serafim Gonzalez, reuniu cerca de 500 pessoas. Desta vez, o tema principal do encontro foi desenvolvimento urbano e os participantes puderam dar sugestões relativas ao tema. Todas as propostas serão levadas em conta na elaboração do projeto de lei a ser enviado para aprovação na Câmara Municipal, próxima etapa da revisão.

O Plano Diretor tem como meta principal organizar o crescimento e funcionamento do Município para o período de 2017-2026. As audiências, ao todo cinco, tiveram como objetivo recolher propostas da população que vão ajudar no desenvolvimento da Cidade nos próximos anos.

Na palestra cujo tema foi ‘O Desenvolvimento Sadio de uma Cidade’, o prefeito Alberto Mourão aproveitou sua experiência como gestor municipal para apresentar aos convidados alternativas para manter o crescimento ordenado de um Município. “O ideal é termos um Plano Diretor que esteja embasado em situações sólidas do ponto de vista fiscal e de planejamento econômico de longo prazo para que haja sustentabilidade”.

Entre as diversas vertentes de desenvolvimento urbano abordadas pelo palestrante, uma que ganhou destaque foi a interferência que a discussão que vem sendo feita vai provocar na vida dos moradores de Praia Grande nos próximos anos. “Plano Diretor não termina agora. Isso é o esboço de uma ideia que vai gerar ações complementares e reformas de legislações com o objetivo de buscar a qualidade de vida de uma sociedade”, enfatizou, Mourão.

O secretário de Habitação do Município, Alexander Ramos, foi o responsável por apresentar dados técnicos relativos ao crescimento do Município nos últimos anos. Entre os destaques, a ocupação urbana do Município, que nos últimos 10 anos regulamentou mais de 4,5 mi de metros quadrados de áreas ocupadas. Outro dado que aponta o crescimento é a quantidade de edificações aprovadas pela Secretaria de Urbanismo. Entre 2006 e 2016, foram 1.196 edificações residenciais, 201 comerciais e 1.010 condomínios.

Um resumo dos principais dados de desenvolvimento do Município nos últimos anos foi apresentado aos convidados. A malha viária, linhas municipais de transporte coletivo, equipamentos sociais, esportivos, ações ambientais e dados referentes ao crescimento turístico da Cidade foram destacados por meio de mapas ilustrativos.
Além disso, o secretário também apresentou projeções para o futuro do Município, como aumento populacional e demandas de serviços públicos. “Seguindo essa linha de crescimento, em aproximadamente 10 anos, Praia Grande será a Cidade mais populosa da Baixada Santista”.

A diretora do Departamento de Planejamento e Gestão da Secretaria de Planejamento de Praia Grande, Eliana Cristina Jeronimo Ferreira, fez um balanço das cinco audiências realizadas este ano. “Tivemos a oportunidade de ouvir grandes personalidades sobre cada tema abordado nestes encontros, o que enriqueceu o debate com a população”.

Propostas – Até o dia 15 de abril a população pode enviar sugestões para a revisão do Plano Diretor. Basta acessar o site www.praiagrande.sp.gov.br/planodiretor e participar. No mesmo endereço é possível consultar as propostas já elaboradas pelos munícipes.

Discussão – Desde 2013, Praia Grande abriu oportunidade para que a população participe das discussões do Plano Diretor. Ao longo de dois anos, 21 encontros foram realizados em escolas de diferentes bairros, para que a população pudesse opinar.
Esta iniciativa não é obrigatória, no entanto foi realizada para facilitar o acesso da população ao tema. Mais de 4 mil pessoas se inscreveram e mais de mil propostas foram elaboradas, algumas enviadas via internet.

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS: Acesse também nosso conteúdo através do Facebook e do site da Rádio do Paço. Veja também o Banco de Imagens.

Deixe uma resposta