• +55 13 99615 8477
  • osvaldo.costa@euamopg.com

Encenação da Paixão de Cristo emociona o público

Encenação da Paixão de Cristo emociona o público

Espetáculo reuniu centenas de pessoas no Bairro Guilhermina
26/3/2016 | Sílvia Carvalho, MTB: 33.552

Mesmo com chuva, mais de 800 pessoas foram conferir a Encenação da Paixão de Cristo, que ocorreu na noite de sexta-feira (25), na Praça Ceferino Gonzalez Vega, mais conhecida como Praça das Bandeiras, no Bairro Guilhermina. Esta é a sexta edição da peça, produzida pela Prefeitura de Praia Grande por meio da Secretaria de Cultura e Turismo. O espetáculo contou com o trabalho de 150 pessoas divididas entre produção de figurino, maquiagem, contra-regra, som, iluminação e atuação.

O público se emocionou desde o nascimento de Jesus até seus últimos dias na Terra. Desta vez a história foi contada pelo próprio Cristo, humanizando a figura do messias. De acordo com o escritor e diretor da peça, Rodrigo Pompeu, a Encenação é uma releitura do espetáculo apresentado em 2015.

“Esta é uma peça onde Jesus mostra seu ponto vista sobre a história, refletindo seus medos e desejos. É uma adaptação muito respeitosa, e, nessa versão tornamos Jesus mais humanizado. Não é um espetáculo religioso, mas sim de religiosidade”, explica Pompeu.

O coordenador do evento, Renato Paes, explicou que a encenação já faz parte do calendário da Cidade. “Para nós é uma emoção muito grande, pois o evento já faz parte do calendário de Praia Grande. Nós conseguimos congregar atores e comunidade, porque é um espetáculo de religiosidade, sendo que todo o Cristão pode repensar a sua religiosidade assistindo esta apresentação”.

O ator Driko Gomes interpretou Jesus pelo segundo ano seguido. Esta é a quinta vez que ele participa da Encenação. Driko salienta que participar da apresentação é uma experiência incrível. “Esse é um projeto pelo qual me apaixonei, pretendo participar do espetáculo até ficar velhinho. Já fiz o papel de Satanás e pelo segundo ano seguido faço Jesus.

O ator mais velho do grupo é o aposentado José Cordeiro dos Santos, de 85 anos. A chuva não intimidou o ator, que interpretou um homem do povo. O aposentado participa da Encenação desde o primeiro ano. “Gosto de me envolver nos projetos culturais e esportivos da Cidade, me realizo fazendo tudo isso”.

A atriz mais nova da peça, a estudante Carolina Sabino de Araujo, de 6 anos, participou pela primeira vez do espetáculo. Esperta, Carolina pediu primeiro para o seu professor para participar do teatro de rua, e só depois foi pedir autorização a sua mãe. “Na peça, eu sou integrante do povo, eu corro, e eu choro, porque matam Jesus”.

Emocionados- A administradora de empresas Rosa Aparecida Maniere Pestana aproveitou o feriado e desceu a serra para assistir a Encenação. “Este é o segundo ano que venho conferir. É muito bonito rever a história, não tem como não se emocionar”.

A servidora pública Tatiane Goncalves acredita que a encenação também mostra aos mais jovens o verdadeiro significado da Páscoa. “É muito importante que os pais tragam seus filhos para assistir a peça, pois, as crianças devem saber o verdadeiro significado da data.”

O aposentado José Ferreira ficou emocionado com a apresentação. Mesmo com chuva ele saiu de sua residência para assistir a Encenação. “Valeu à pena sair de casa para assistir a Paixão de Cristo. Estou emocionado e arrepiado, esse é o nosso momento de reflexão sobre a história do homem que morreu por nós.”

ADM5

Seu comentário é importante!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: