Judoca de PG destaca experiência com a seleção brasileira

judoca
Agatha Martins treinou no Rio de Janeiro
22/3/2016 | Fabricio Tinêo, MTB: 37905

Durante uma semana (11 a 17), no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN), no Rio de Janeiro, a judoca de Praia Grande (Secretarias de Esporte e Lazer – SEEL e Educação – Seduc) Agatha Martins Silva, 19 anos, peso pesado (mais de 78 quilos), participou de treinamento internacional com a seleção brasileira adulta.

No total, 124 judocas do Brasil, Bélgica, Canadá, Grã-Bretanha, Japão e República Tcheca treinaram. Para o time nacional, o evento serviu como preparação para as etapas da Geórgia e da Turquia do Grand Prix, que ocorrem em 27 de março e 1º de abril, respectivamente. Agatha teve a oportunidade de treinar do lado de medalhistas internacionais como Sarah Menezes, Erika Miranda e Mayra Aguiar, entre outros.

“Fiquei muito feliz pela oportunidade de participar deste treinamento porque é uma oportunidade única de aprendizagem e troca de conhecimentos”, afirmou Agatha. “Houve um trabalho muito forte de luta de chão. Com certeza, vai me ajudar a evoluir bastante. Espero ter mais oportunidades como esta”.

Dados – Natural de Praia Grande, Agatha estudou na Escola Estadual Vila Tupi (Bairro Tupi) e faz Faculdade de Educação Física na Universidade Paulista (Unip). Nasceu em 8 de fevereiro de 1996. Em 2015, ficou na terceira posição na seletiva nacional e, pelo quarto ano seguido (2013 a 2016), integra a seleção brasileira sub-21. Foi campeã regional, estadual sub-21 e sub-23; estadual do interior e paulista por faixa (marrom); vice-campeã da Copa São Paulo, brasileira sub-21 e brasileira universitária (Unip); terceira colocada no Brasileiro sub-23 e no Paulista sênior. Quinta colocada nos Jogos Regionais e Abertos do Interior.

Em 2014, foi campeã regional, paulista por faixa (roxa), do 46º Torneio Periquito e dos Jogos da Juventude (nos pesos pesado e absoluto). Foi vice-campeã dos Jogos Abertos do Interior (no pesado e absoluto). Obteve ainda as terceiras posições nos Campeonatos Paulistas sub-21 e sub-23, na Copa Estadual São Paulo, nos Jogos Regionais (por equipes, pesado e absoluto), nos Jogos Abertos (por equipes), quinta colocada no Troféu Brasil.

Em 2013, Agatha disputou as Copas de Berlim, na Alemanha; e de Pitesti, na Romênia. Foi ouro no Paulistão Estudantil e no Campeonato Regional, vice-campeã da Copa São Paulo; faturou os terceiros lugares nos Jogos Regionais (competição adulta), Paulistão sub-23 e no Desafio Interestadual Top Team. Por equipes, acabou em quinto lugar nos Jogos Abertos do Interior. Em 2012, foi ouro no Estadual do Interior, Campeonato Regional, na 8ª Copa Centro Olímpico – Virada Esportiva, na Copa Kimonos Budokan, no Torneio de Aniversário dos 101 anos do Sport Club Corinthians Paulista e nos Jogos Escolares de Praia Grande; vice-campeã dos Jogos da Juventude e do Paulistão por faixas (verde); medalha de bronze no Paulistão sub-17, no Estadual Escolar Olímpico Rumo a 2016 e no Paulistão Estudantil sub-18; e quarta colocada nos Jogos Regionais (competição adulta).

Em 2011, Agatha sagrou-se campeã paulista, classe aspirante (competem somente em eventos do Estado); estadual por faixa (amarela), Regional, do 16º Torneio Professor José Vidal Sion/Santos, do 25º Troféu São João Tênis Clube/Atibaia e dos Jogos Escolares de Praia Grande; foi segunda colocada na 43ª edição do Torneio Periquito/Sociedade Esportiva Palmeiras. E ainda, no 18º Torneio Toraichiro Suzuki – Troféu Sensei Nobuo Ogawa/Registro, e no Campeonato Estadual do Interior. Em 2010, faturou medalha de prata no 12º Torneio Aberto de Judô Professor Hajime Kobari/Marília e bronzes na Copa Praia Grande e no Paulistão Interdelegacias.

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS: Acesse também nosso conteúdo através do Facebook e do site da Rádio do Paço. Veja também o Banco de Imagens.

Deixe uma resposta