Encenação da Paixão de Cristo acontece na próxima sexta-feira (25)

Foto: Danilo Almeida
Foto: Danilo Almeida

Maior espetáculo ao ar livre de Praia Grande entra em sua sexta edição
21/3/2016 | Lorena Flosi , MTB: 40.295

Praia Grande já realiza os últimos ensaios para a Encenação da Paixão de Cristo, evento que deve reunir centenas de pessoas na Praça Ceferino Gonzalez Vegas, conhecida como Praça das Bandeiras, no bairro Guilhermina. Com 60 atores voluntários, todos moradores do Município, o espetáculo envolve ao todo cerca de 150 pessoas em sua produção, que se dividem, além da atuação, em produção de figurino, contra-regragem, maquiagem, som e iluminação. Sob a direção de Rodrigo Pompeu e Regina Maura, o espetáculo tem única apresentação e acontece às 21 horas.

Neste ano, a história dos últimos dias de Jesus Cristo na Terra vem contada pela ótica do próprio Cristo. Segundo Rodrigo Pompeu, diretor e roteirista do espetáculo desde sua primeira edição, a idéia é humanizar a figura de Jesus, afastando-o um pouco da aura santa, e o trazendo para um contexto humano e próximo de nós. “Obviamente, não desrespeitamos os dogmas, mas buscamos implantar a reflexão. Quantas vezes Jesus sentiu medo? Quantas vezes se preocupou e compadeceu de sua mãe, que veria um filho sofrer tanto? A vida é feita de escolhas,e é difícil fazê-las. Ele também teve que fazer as suas, e a dor e as alegrias de cada escolha que fez, bem como seus possíveis questionamentos sobre as decisões tomadas estão nesse espetáculo. Claro que não pretendemos fazer da encenação um ato religioso. É muito mais uma homenagem a um grande homem, que independentemente da religião, deixou ensinamentos inquestionáveis para a humanidade”.

Parte do calendário permanente de eventos da Cidade, a Encenação da Paixão de Cristo foi realizada pela primeira vez em 2011. “Desde então, o projeto só cresceu”, comemora o diretor. “Nossa expectativa é sempre crescer a cada ano. Isso se mostra não apenas no engrandecimento do espetáculo, que hoje envolve bem mais pessoas, mas também na trajetória das pessoas que participam, e que estão conosco até hoje. É muito gratificante ver o crescimento dos atores. Como a Regina Maura, por exemplo, que começou como atriz, e hoje dirige o espetáculo ao meu lado. Eu só tenho a agradecer a Sectur, por ter abraçado este projeto e se dedicar todos os anos para que possamos ter uma bela apresentação. Me sinto privilegiado por fazer parte dessa história de Praia Grande”, conclui.

Para o diretor do departamento de Gestão Cultural da Sectur, Renato Paes, a Encenação da Paixão de Cristo costuma atrair grande público por contar uma história universal. “Estamos muito felizes e animados em realizar mais esta edição do espetáculo. Além de um belo evento cultural e turístico, penso que este é um evento não religioso, mas de fé. A história de um homem que deu sua vida por um ideal de bem comum. É edificante e emocionante, realizado para todos, independentemente da religião”.

Estrutura – A Encenação contará com cinco palcos ao redor da praça, sendo um palco central. Os diálogos passeiam entre um palco e outro simultaneamente. Algumas vezes os atores encenam em dois palcos ao mesmo tempo, trazendo dinamismo e realidade ao espetáculo. No ano passado, a Encenação da Paixão de Cristo atraiu mais de três mil espectadores, público que promete se repetir este ano.

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS: Acesse também nosso conteúdo através do Facebook e do site da Rádio do Paço. Veja também o Banco de Imagens.

Deixe uma resposta