GCM divulga balanço de ocorrências de 2015

112
Dados servirão de base para ações implantadas pela corporação
10/3/2016 | Ludmila Pilipavicius , MTB: 29.204

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Praia Grande divulgou esta semana o balanço contendo o número de ocorrências atendidas pela corporação no período entre janeiro e dezembro de 2015. De acordo com as estatísticas apresentadas, houve aumento de 10,8% em comparação aos números apurados no mesmo período de 2014.

Em números absolutos, em 2014, a GCM atendeu 9.614 ocorrências e em 2015 foram 10.654. Conforme análise feita pelo comandante da corporação, Marco Alves dos Santos, o aumento não significa necessariamente que a GCM tenha atendido mais ocorrências criminais na Cidade. “As estatísticas levam em conta o número de atendimentos, e muitos deles são de averiguação e estão ligados justamente a medidas de prevenção, ou seja, dizem respeito a situações onde a intervenção da GCM teve como resultado uma ação na causa do problema e, consequentemente, a ausência de ocorrências mais graves, impactando diretamente na confiança da população e visibilidade do trabalho da GCM”. As averiguações totalizaram 4.494 ocorrências em 2014 e 5.866 em 2015.

O comandante observou ainda que essas ações preventivas também resultaram na identificação e prisões de criminosos: em 2015 foram 237 pessoas presas e 158 menores apreendidos.

Os números refletem uma expectativa já gerada pelo comando da corporação e pela Secretaria de Assuntos de Segurança Pública (Seasp) no que diz respeito à prevenção, umas das principais funções da GCM. Em 2015, algumas medidas foram tomadas no sentido de reforçar a prevenção, evitando assim que outras situações se concretizassem.

Entre essas medidas estão as Forças Tarefa, que passaram a ser realizadas com frequência em bairros que antes não contavam com as rondas da GCM. “Conforme mapeamos esses lugares, com base nas reivindicações da própria população, percebemos a necessidade de intensificar o trabalho. Isso fez com que os problemas com bailes funk, por exemplo, fossem praticamente extintos”.

A ouvidoria da GCM teve um papel importante nesse processo, uma vez que conseguiu traduzir o sentimento da população através das denúncias, que geraram ações integradas junto à Secretaria de Assuntos de Segurança, polícias Civil e Militar e secretarias municipais.

Outra medida que refletiu nos números foi a utilização da “viatura virtual”. Uma ronda online feita em prédios públicos considerados “chave” pela equipe da Central de Videomonitoramento com base nas estatísticas e informações das equipes operacionais. “Destacamos algumas unidades e fazemos essa ronda por meio das câmeras existentes em cada uma delas. A cada hora mais ou menos, os operadores selecionam cada uma dessas unidades e checam todos os itens de segurança: alarmes, funcionamento das câmeras, iluminação, fechamento de portas e janelas e movimentação externa. Havendo alguma alteração, as viaturas são encaminhadas ao local”.

Trata-se de uma medida adicional ao trabalho de monitoramento já realizado em todos os prédios públicos municipais. De acordo com o comandante, o perfil dessa ronda deve mudar conforme a ampliação do sistema de monitoramento na Cidade seja realizada.

O comandante explicou ainda que o levantamento aponta também dados como ocorrências mais atendidas e em quais dias, horários e locais são mais frequentes e que essas informações são de extrema importância para a definição de ações e para o planejamento da segurança da Cidade. “Buscamos trabalhar cada vez mais com embasamento estatístico e com informações precisas. A ideia é aprimorar os serviços e melhorar cada vez mais os atendimentos”.

É importante lembrar que, desde o início do ano, a GCM de Praia Grande passou a contar com mais 95 integrantes em seu efetivo após criterioso processo de seleção realizado por meio de concurso público. O reforço já foi incorporado às equipes e vem atuando em várias áreas da corporação.

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS: Acesse também nosso conteúdo através do Facebook e do site da Rádio do Paço. Veja também o Banco de Imagens.

Deixe uma resposta