Mulheres lideram microcrédito no Banco do Povo de PG

Foto: Danilo Almeida
Foto: Danilo Almeida

Público feminino representa 56% da carteira ativa da unidade
4/3/2016 | Sílvia Carvalho, MTB: 33.552

A administradora Camila Braz Comitre Abreu, 32 anos, teve de fazer uma escolha no ano passado. Parou de trabalhar para cuidar de sua filha, que estava passando por sérios problemas de saúde. Para isso, Camila teve de abrir mão de uma sociedade. Foi quando sentiu necessidade de compartilhar o momento que estava passando resolveu torná-lo público por meio de mensagens motivacionais.

A microempreendedora desenvolveu uma caixa de mensagens com frases de renovação, que focam principalmente os conceitos de Ser e Ter, e no final de 2015 vendeu mais de 500 caixas. Vendo que o negócio poderia progredir e com o objetivo de aumentar sua produção, a microempresária procurou pelo Banco do Povo.

“Meus parentes me falaram sobre o Banco do Povo e então resolvi procurar a entidade. A aprovação do meu empréstimo foi muito rápida e, com isso, vou conseguir aumentar a minha produção”, ressaltou a administradora.

Camila é uma das mulheres empreendedoras que buscam empréstimos no Banco do Povo Paulista de Praia Grande. Atualmente, o Banco do Povo conta com 305 clientes e 56% da carteira ativa da unidade pertence ao público feminino.

Os motivos são vários: alternativa ao desemprego, realização pessoal, busca por melhor qualidade de vida e necessidade de dedicar mais tempo à família, por exemplo.

O Banco do Povo Paulista é um programa de microcrédito produtivo desenvolvido pelo Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho, em parceria com as prefeituras, visando promover geração de emprego e renda.

Atualmente, são mais de 500 municípios atendidos. Em Praia Grande, o Banco do Povo integra a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Trabalho (Sedettra).

O Banco do Povo tem uma das menores taxas de juros, 0,35% ao mês, o que acaba atraindo os microempresários. Os empréstimos são realizados entre R$ 200,00 a R$20 mil e são financiados em até 36 vezes.

De acordo com o coordenador do Banco do Povo, Rodrigo Carlo Volante, cada vez mais as mulheres executam multitarefas. “Parte do dia elas cuidam do filho e outra parte se dedicam a empreender. O Banco do Povo surge como um apoio aos microempresários”.

Agora com o empréstimo do Banco do Povo, Camila vai aumentar sua produção para vender suas caixas em feiras e eventos e em datas comemorativas como o Dias das Mães, dos Professores, das Crianças e nas festas de fim de ano. Camila também pretende nos próximos meses realizar palestras sobre o seu empreendimento e mostrar aos futuros empresários como é possível criar um negócio embasado no cotidiano de cada um.

O Banco do Povo Paulista está localizado na Avenida Ayrton Senna da Silva, 1511, no Bairro Xixová, ao lado do Poupatempo e funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas e aos sábados das 8 às 13 horas. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3496-5401.

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS: Acesse também nosso conteúdo através do Facebook e do site da Rádio do Paço. Veja também o Banco de Imagens.

Deixe uma resposta