Acontecimentos para o dia 15 de outubro:

Dia do Professor – Obrigada por acreditar em mim, Quando achei difícil acreditar em mim mesma. Obrigada por dizer, algumas vezes, Que eu realmente conseguiria vencer, E que só me faltava um pouco de perseverança Obrigada por ser minha (meu) amiga (o), Por confiar no meu potencial, E me fazer continuar a estudar Para um dia poder realizar meus sonhos. Obrigada por ter posto tanta sabedoria, Carinho e imaginação na nossa amizade, Por compartilhar tantas coisas boas e por marcar tantas lembranças em mim. Obrigada por sempre ter sido honesta(o)comigo, Gentil mas ao mesmo tempo severa(o) E ter estado ao meu lado quando precisei. Obrigada por ter sido meu Professor(or). E com isso ter deixado tantas recordações, Principalmente quando chega este seu dia “O DIA DO PROFESSOR(A)”

A primeira eleição de FHC
Em 15 de outubro de 1994, Fernando Henrique Cardoso (foto) é eleito presidente brasileiro, baseando sua candidatura na estabilidade da moeda. FHC totalizou 34.364.961 votos, com 54,27% do total de votos válidos, vencendo no primeiro turno. Implementou o plano Real, que reduziu drasticamente a inflação.

1582 – O calendário gregoriano é adotado na Itália, na França, na Espanha e em Portugal.

1841 – Fuzilamento do genereal Diego de León, em Madri, por assalto frustrado ao Palácio Real.

1844 ¿ Nasce o filósofo alemão Friedrich Nietzsche.

1856 ¿ Nasce o escritor inglês Oscar Wilde.

1864 – A princesa Isabel se casa com o conde d’Eu.

1879 – Assinado no Paraguai o primeiro tratado de limites para resolver a questão do Chaco.

1880 – Encerrados os trabalhos da construção da Catedral de Colônia. A obra, que em seu tempo foi o prédio mais alto do mundo, havia sido iniciada em 1248, mas foi interrompida por 250 anos por motivos financeiros.

1917 – Um pelotão de execução fuzila no bosque de Vincennes, próximo a Paris, a espiã Mata-Hari, condenada por passar informações à Alemanha.

1923 – Morre Emiliano Chamorro, presidente da Nicarágua.

1931 – Alfredo Baquerizo assume o poder no Equador, após derrotar Luis Larrea Alvarez.

1934 – Morre Raymond Poincaré, ex-presidente francês.

1975 – O atleta João do Pulo, numa prova de salto triplo, atinge a marca de 17,89 metros, um recorde que demorou 10 anos para ser quebrado.

1978 – O Congresso Nacional elege o general João Baptista Figueiredo presidente da República.

1979 – Uma junta militar moderada derruba o presidente de El Salvador Carlos H. Romero.

1983 – O piloto de Fórmula 1 Nélson Piquet conquista seu segundo título mundial na categoria ao chegar em terceiro lugar no GP da África do Sul, no circuito de Kyalami. Piquet havia conquistado seu primeiro título dois anos antes também pilotando uma Brabham.

1989 – Legalizado o Congresso Nacional Africano, proibido desde 1960 em aplicação a nova lei política antiapartheid na África do Sul.

1989 – Termina com a Guerra Fria entre a URSS e os Estados Unidos.

1990 – Mikhail Gorbachev, líder da União Soviética, ganha o Prêmio Nobel da Paz. Ele foi o responsável pelo fim da Guerra Fria, em 1989.

1994 – Fernando Henrique Cardoso é eleito presidente brasileiro pela primeira vez.

1994 – Retorna ao Haiti, apoiado pelos Estados Unidos o presidente exilado Jean Bertrand Aristide, derrubado em 30 de setembro de 1991.

1998 – Alemanha desativa usinas nucleares.

1999 – A Organização Não-Governamental “Médicos sem fronteiras” ganha o prêmio Nobel da paz.

2001 – O primeiro-ministro japonês Junichiro Koizujmi pede perdão ao povo coreano, pelos sofrimentos impostos durante a colonização nipônica, entre 1919 e 1954

Deixe uma resposta